Do meu canto

Do meu canto irei opinar, comentar, desabafar, laurear, destacar ou... simplesmente escrever. Este blog servirá para fazer chegar ao Mundo a minha voz, vinda do meu canto. É um blog de mim, para mim e para outros...

A minha fotografia
Nome:
Localização: Portugal

quinta-feira, março 31, 2005

MP3: o bom, o mau e o vilão... ah e a heroína.

Há uns dias atrás resolvi comprar um leitor de MP3. Tomei esta decisão porque adoro ouvir música, mas não tenho nenhum aparelho portátil de jeito. O meu walkman já está fora de prazo há muuuuuuuuito tempo e não tenho discman, portanto resolvi aderir às novas tecnologias disponíveis no mercado.
Após algumas pesquisas na net, vi que existiam dois produtos concorrentes no mercado que deveriam satisfazer as minhas necessidades a um preço aceitável: o Mini-ipod (199€) e o Zen da Creative (209€).
Tomada a decisão de compra dirigi-me à FNAC mais próxima onde podia comparar e ver os dois modelos.
Uma vez na loja, decidi-me pelo Mini-ipod (o mau), mas só mais tarde é que me apercebi da “burla” que aquilo era. O preço de 199€ é enganador pois apenas inclui o fio de ligação do aparelho ao computador. Se se quiser recarregar a bateria numa tomada de electricidade tem que se comprar um transformador (por APENAS 66€) e um ainda um “firewire” para a ligação, que nem sequer está à venda na FNAC. Resumindo, para ficar com aquilo operacional deveria gastar cerca de 100€ acima do preço de tabela. Os meus parabéns à Apple (o vilão), é assim que se perdem clientes!!
Deste modo, voltei à FNAC e pedi para trocar pelo Creative Zen (o bom), que até estava em promoção, 192€. Gostei muito do aparelhómetro, mas infelizmente, este produto, só tem um PEQUENO problema, não funciona no meu computador!!!!
Portanto lá vou ter que ir eu, a 2 dias da viagem para o México, tentar descobrir como se dá a volta àquilo. Será que as coisas não poderiam ser apenas um bocadinho mais simples? Do tipo: compra-se um MP3, ele é o que apregoa ser ao preço a que é vendido, instala-se no computador e transfere-se as músicas e depois vai-se curtir a música nas férias.

A heroína foi... a Bruxinha “mai linda” que apesar de ter que trabalhar, ser tarde e estar cansada foi ontem a minha casa ajudar-me e tentar descobrir o problema. Se as coisas não ficaram resolvidas não foi por falta de esforço dela e, pelo menos, descobriu-se que o problema não era de trenguice minha, o que já não é nada mau. lol

Bruxinha: sim, este post soa muito a gestor, mas hoje dá-me algum desconto, estou no trabalho ;). lol

quarta-feira, março 30, 2005

Férias e corte

Ainda não comentei isto aqui, mas na próxima semana VOU PARA O MÉXICO. É verdade, uma verdadeira chatice, tenho de ir uma semana (7 noites no hotel) para um local com praia, sol, água transparente e excelentes discotecas para curtir a night acompanhado pelo meu amor (Bruxinha mais linda!!) e ainda uma amiga querida (Baboo, não é Vanessa??). Que castigo, que sacrifício. NOT!
A sério, estou mesmo a precisar disto. Preciso de uma pausa do trabalho, de recarregar energias, de descontrair, de só pensar em me divertir. Para bem da minha saúde mental, preciso disto.
No entanto, o melhor disto tudo, é ir com a minha namorada. Vai ser tão bom, mas tão bom... a única questão é se ela enjoa de mim. Afinal de contas, todos nós temos um limite de lamechices e piadas secas que aguentamos. lol
Blog para quem quer saber mais: http://www.lasmuchachitas.blogspot.com/

Ontem fui cortar o cabelo, algo que não acontecia há 3 meses. Gosto muito de como estava, mas começou a ficar muito grande e a viagem para o México está próxima. Por isso, lá fui ao barbeiro (embora na realidade aquilo seja um cabeleireiro), mas parece-me que o resultado não foi brilhante. Aliás, o melhor teste ao corte de cabelo é a cara que a nossa namorada faz quando nos vê e, neste caso, não foi nada boa. Hoje lá consegui minimizar o efeito com um penteado mais “apropriado”, mas mesmo assim... Não tem problema, ele volta a crescer. ;)

terça-feira, março 29, 2005

O prazer de uma boa conversa

Adoro conversar, adoro ter uma boa conversa como a que tive ontem antes ir dormir.
Uma conversa daquelas permite-nos rir, sorrir e até chorar um pouco. Deixa-nos leves, bem-dispostos, em paz, serenos.
Vamos para casa a sorrir e a pensar em como a vida é bela, em como é bom existirmos. Depois adormecemos sossegados, descontraídos, prontos para viver outra vez na próxima manhã.

Aqui, neste post, fica expresso o meu prazer com uma boa conversa, onde a companhia é tudo...

segunda-feira, março 28, 2005

Existem fins-de-semana assim...

Existem fins-de-semana assim, em que tudo corre bem. Onde mesmo as coisas que não são tão boas se resolvem, se esclarecem e depois tudo acaba bem.
O fim-de-semana passado foi um desses fins-de-semana.
Para começar na sexta-feira foi feriado, portanto teve 3 dias e não os habituais e sempre curtos 2 dias.
Depois porque pude passá-lo com quem mais amo. E não existe ninguém neste Mundo, nestes 6 biliões de pessoas que habitam a Terra, que eu ame mais.

É muito bom ser-se feliz, é muito bom encontrar prazer e felicidade em coisas pequenas: jantar num sítio agradável, ver uma série na TV descontraído, tomar um banho de imersão com calma, com tempo... verdadeiramente relaxante.
É muito bom partilhar, sentirmo-nos seguros e em paz, sentirmo-nos amados.
É muito bom amar alguém com esta intensidade, sentir algo assim que nos preenche totalmente.
É muito bom sentirmo-nos... verdadeiramente completos... e dessa forma sermos felizes.

Sempre disse que era um privilegiado, em muita coisa, e fins-de-semana destes, poucas devem ser as pessoas que têm a sorte de ter tido um assim.

Ser-se feliz também é dar valor a momentos como o fim-de-semana passado. E eu dou valor, fica guardado aqui, bem perto do meu coração, junto de outros momentos felizes, mágicos e inesquecíveis.

quinta-feira, março 24, 2005

Do meu canto para o resto do Mundo

Éste é o primeiro blog que tenho e o primeiro post que faço.... uhhh que responsabilidade!!! Naaaa, qual responsabilidade qual quê!! O que eu quero é borga e poder postar nos outros blogs sem ser mais um anónimo. lol

A verdade é que ainda não sei o que será deste blog, mas pretendo que seja o meu veículo de comunicação com o Mundo. Do meu canto poderá sair todo o tipo de barbaridades, desde comentários perfeitamente desinteressantes sobre o ritual de acasalamento da libelinha (já agora, como é que será?? note to self: pesquisar informações sobre este assunto) até reflexões do mais profundo que existe sobre a vida em geral e sobre a minha vida em particular, passando obviamente por post banais sobre, por exemplo, a vitória do Porto no fim-de-semana passado (que já nem me lembro quando foi a última vez... sniff, sniff!!), livros que li, filmes que vi e sei lá que mais.

No entanto, sinto-me no dever de avisar todos os pretendentes leitores deste blog de duas coisas que podem pôr em causa as vossas intenções:
1) my portuguese stinks! Ou seja, não pensem que vão sair daqui posts que merecem ser incluídos no próximo livro do Saramago ou isso. E também pode ser que exista alguma grahla algures por aqui.
2) segundo últimas informações recolhidas no mercado, tenho um humor muito, muito seco, portanto cuidado. Mas isto também é simples, lê quem quer e quem não quiser pode ir... para a piscina, que sempre é mais molhada.

Antes de me despedir gostaria de dedicar este primeiro post à Bruxinha "mai linda". Foi devido a um comentário dela que finalmente resolvi registrar-me e criar o meu blog. Obrigado pelo impulso que me deste e por tudo o que já fizeste desde que te conheci. Amo-te!

Pronto malta, é assim, está concluido o primeiro post. Até uma próxima vez e voltem sempre.